Da minha aldeia vejo quando da terra se pode ver no Universo….
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura…

~ Alberto Caeiro

|Talasnal, Lousã, Portugal|

Leave a Comment

%d bloggers like this: