Do meu vagar
sei que nunca hei-de ir longe
vou aonde for preciso
vou indo do meu vagar
em busca do tempo perdido
e se um dia o encontrar
o longe não faz sentido

~ Carlos Tê [Do meu vagar]

|Lisbon, Portugal|

Leave a Comment

%d bloggers like this: