A esta primavera suceder-se-á outra, porventura mais risonha, distendida e ampla. Mas nunca mais respiraremos da mesma maneira.
~ José Tolentino Mendonça | in O que é Amar um país

|Santa Maria, Açores, Portugal|

Leave a Comment

%d bloggers like this: